sábado, 30 de abril de 2011

Escrever

Advertência: Não liguem a estrutura um tanto diferente é proposital. Não é uma poesia, mas também não chega a crônica. É um desabafo...




Escrever é...



a arte de, em plena realidade, sermos capazes de criar um novo mundo.
Contar uma verdade com doses de fantasias ou viajar para além do presente,
para além do tempo e do vento,
do amor e do ódio, ou do bem e do mal.

Escrever...



É exorcisarmos a nós mesmos ao derramar a alma em tintas numa folha de papel.
É esquecer os problemas e obrigações em prol de situações descabidas ou românticas de alguém que apenas existe dentro da gente.
É uma catarse onde sofremos, choramos, sorrimos, sonhamos com as nossas criações.
É ser inventor e reinventado, produtor e produzido, imaginador e imaginado.

Escrever



É o único momento em que nos deixam ser loucos e esquizofrênicos.
Por isso, criamos novos cenários alternativos e falamos e ouvimos nossos personagens contando suas idéias.
Criamos personalidades, qualidades e defeitos pautados numa história de vida que apenas existiu para a gente.
Passamos horas, dias, meses ou anos presos nesses devaneios que são parte intrínseca de nós mesmos ou meros reflexos desconhecidos num grande e imperfeito espelho.

Escrever é...



Muito além do que juntar letras a formar palavras.
criar estruturas novas.
Poesias, contos e história misturadas.
Páragrafos únicos que se fundem criando lógicas novas e nossas.

Porém,



Quando tudo termina, não há despedidas.
Apenas um grande fechar de páginas
Um "até logo" é o máximo a ser dado, pois para reviver
É só ler os personagens eternizados por tintas num papel
E ser feliz num mundo que já foi o seu.

5 comentários:

Karen J. Jate is Fate!!! disse...

Ah,Sa! Perfeito! Como ficwriter eu tenho que concordar com tudo que vc falou? Nota 1000!!!

José Carlos disse...

Belo texto, Sara. De tudo, fica pra mim o seguinte: escrever é um enorme prazer, por mais difícil que seja.

Effy disse...

Concordo com tudo...Escrever é uma dádiva!
É um mundo novo, que é descoberto e apresentado!
Muito bom!!!


Eu iniciei uma promoção no meu blog Teria interesse em participar?? O livro é " Eu sou o número 4" caso tenha interesse aqui o link http://migre.me/4mzuJ

Seria um prazer tê-la participando!

^^

Marcia disse...

Oi, recebi seu convite e aqui estou rs.

Gostei do que disse, e como leitora posso dizer que...

RT "Quando tudo termina, não há despedidas.
Apenas um grande fechar de páginas.
Um "até logo" é o máximo a ser dado, pois para reviver...
É só ler os personagens eternizados por tintas num papel...
E ser feliz num mundo que já foi o seu" e sentir o grande prazer de compartilhá-lo.

Estou seguindo e linkei o blog.

Bjs.

Nanda Meireles disse...

Oi! Adorei o texto.

Me fez relembrar o verdadeiro sentido pelo qual escrevo. Por amor, por prazer, por necesidade de me expressar, de extravasar...

Vc escreve muito bem, parabéns!
Seguindo o Blog ;)

Beijos

Nanda Meireles Blog

Postar um comentário

Conte o que você achou da postagem