segunda-feira, 23 de maio de 2011

23/05 - 1 Ano sem Lost



Pois é, pessoas!

Um ano sem Lost...

Há exatos 365 dias atrás, estávamos nós sentados na frente do computador assistindo o que foi o último episódio da melhor série de todos os tempos. Ansiosos e ao mesmo tempo relutantes em ver o fim de uma seriado que marcou e para sempre estará na memória daqueles que foram fisgados pela história, mistérios e romances dos sobreviventes do vôo Oceanic 815.

Como não lembrar de Lost?

Como esquecer?

Foram 6 anos em que se você não viu, com certeza ouvia falar. E se você via, ou teorizava, guardando cada detalhe de mapa, de cena, ou pedaço de informação; Ou se emocionava com a história de cada personagem. Ao final de tudo, o show não era apenas uma série científica, nem um mistério profundo, muito menos uma história de romance. Lost se tratava de uma série de pessoas e principalmente de REDENÇÃO.

Todos os personagens eram sofridos o suficiente e como o personagem "Jacob" falou em um dos episódios derradeiros, não tinham nada a perder. Eram miseráveis em seus mundos, riquezas e vidas e precisavam de uma missão. Nesse momento, Jack, Kate, Sawyer, Boone, Shannon, Sayid, Locke, Sun, Jin, Hurley, Claire, Charlie, Rose e Bernard foram arrastados a uma ilha e tiveram que aprender a conviver, a amar e a viver.

Em meio a perigos, monstros de fumaça, fé e ciência, eles eram forçados a aprender a lidar com grandes paradoxos e temas da nossa vida atual: Morte e vida, Amor e Paixão, Amizade, Liderança e Tempo. Levamos a sério algumas coisas, nos identificamos com personagens e histórias e até mesmo nos ofendemos quando alguém insulta o seu personagem favorito! Viramos bicho quando alguém te diz que o seu ship (casal favorito) não é o real.

Ship wars. Uma das maiores guerras por conta de casais ocorreu por conta dessa série. Com quem Kate teria de ficar? Quem ela escolheria? Quem teve mais história?

Cada um via a série sob uma perspectiva. Não vou dizer se era errada ou não, mas eu tive a minha. Eu participei dessas guerrinhas e demorei pra aprender o fato de que pessoas são mais importantes que ship. E é por isso que digo: Skaters parem de ler aqui.



Jack e Kate formaram o casal mais perfeito da história da televisão. Uma história contada quase de forma poética. Duas pessoas que NUNCA viraram as costas uma pra outra, que mesmo discordando do que fizeram, que mesmo estando magoados fizeram o máximo para que o outro melhorasse. Para que o outro se salvasse. Um amor maior que a própria morte e cheio de uma cumplicidade tão gigante que foi capaz de encarar a morte simplesmente por poder levar a vida ao outro. Eles não eram a redenção um do outro, mas era a causa de seu amadurecer.

1 Ano Depois, esse blog quer homenagear a série que tanto me marcou como pessoa e telespectadora e ao casal que tanto eu me emocionei.

Quotes memoráveis:

- "I hope you find what you're looking for"

- "I'm sorry I kissed you" "I'm not"

- "nothing is irreversible"

- "The best time of your life was the time you spent with these people. Nobody does it alone. You needed all of them, and they needed you"

- "If we don't Live together we're going to die alone"

Namaste!




Crédito da imagem:
1ª - Tumblr de eduardo-saverin

2ª - minha arte

2 comentários:

Polly disse...

Eu acho que jate fazia parte da redenção um do outro sim. O objetivo de vida deles é que era mais amplo, o destino exigia que eles participassem ativamente de outros propósitos mais importantes, o que acabou demandando a separação deles como sacrifício. Jack era bastante diferente antes de conhecer a Kate, com ela, ele aprendeu a confiar (não na época do SNBH, mas depois, como quando ela não lhe conta de imediato o que aconteceu com o Aaron, ou mesmo na ilha, quando ela sai do tempo para seguir o objetivo dela e ele a deixa ir). Kate fugia de seus sentimentos antes de conhecer Jack, demorou para ela querer ficar e enfrentar os seus medos. No first kiss, ela ainda não estava pronta, mas posteriormente, ela se envolveu e se "abriu" para Jack como nunca tinha permitido sentir e amar daquele jeito outra pessoa.

Mas eles tinham questões além do relacionamento amoroso para resolver, o Jack tinha que trabalhar a confiança em si mesmo (o que ele conseguiu na ilha, onde as pessoas o consideravam o líder), a Kate teve que abrir mão da própria felicidade em prol do que era certo (devolver Aaron para a mãe verdadeira).

Como se sacrificaram, foram recompensados, se reencontrando no pós vida e tendo a permissão de ficarem juntos para sempre.

Quanto à guerra shiper, é lamentável. Eu já tive ships que não foram endgame, mas nunca menosprezei a outra fanbase ou desacreditei o ship rival só porque o final não foi como esperava. Uma coisa é não gostar do ship (todo o mundo tem o direito de escolher torcer para o casal que quiser), outra coisa é negar a existência do ship, como vejo acontecer em Lost. Se a pessoa não gosta de jate, é um direito dela, mas não venha dizer que não sabe por que o ship ficou junto porque não havia relacionamento amoroso entre eles. Isso para mim é cegueira, sinto muito. Como você bem disse, ter um ponto de vista desses é ignorar o que foi visto na própira série.

Quanto à Lost em geral, foi uma série que merece todos os louros. Não aguento ver pessoas que acompanharam anos de Lost, xingando tudo como se não tivesse valido a pena. Eu também não gostei da season 6, não gostei da resolução fraca de muitos mistérios e das pontas soltas em outros, mas nem por isso, vou jogar no lixo tudo o que essa série me proporcionou, todas as alegrias, tristezas, reflexões e o melhor de tudo, conhecer pessoas ao redor do mundo que se tornaram amigas por conta paixão pela série. É esse o legado que Lost vai deixar para mim, o de uma das melhores séries que já vi, o ship mais surtante, lindo e não clichè e os melhores momentos shipers e não shipers que já tive ao assistir uma série de TV.

Miss Carbono disse...

(sussurrando)"Eu nunca assisti Lost."

Sim é uma vergonha mas quanto mais eu me informava sobre a série e via um moooonte de fãs mais com o pé atrás eu ficava (maluquice minha). Nunca assisti a um mísero episódio.

Mas acompanhei na internet a maneira como o ultimo episódio foi recebido, a maioria não gostou, ficou decepcionada. Eu entendo que seja por que a maioria dos mistérios não foi solucionado, mas acho que fizeram de proposito: Afinal, graças a isso a série rende boas discussões até hoje neh?

teh mais

Postar um comentário

Conte o que você achou da postagem