quinta-feira, 19 de julho de 2012

Diário de Bordo #3: Plaza de Mayo & Calle Florida


Gente, é tanta coisa pra contar hoje que eu nem sei por onde começar! rsrsrs

Hoje foi tenso pra acordar. Estava morta de cansada de toda a andança de ontem, mas levantamos e fomos tomar o café da manhã do hotel. Aqui é sagrado um suco de laranja - super concentrado - com café ou leite e uns tipos de croissants de manteiga chamados "medialunas" por conta do formato ser parecido com o de uma lua crescente. Depois do café saímos em direção a um free shop que ficava umas boas quadras de distância. Porém no meio do caminho havia o Obelisco.

Mudamos a rota lógico!!!

Aí tiramos foto do Obelisco e de toda aquela enorme avenida 9 de Julho que é um sonho! Parece que você está em Nova York ou Europa mesmo. Telões de publicidade, cores, marcas famosas, grandes prédios e as ruas larguíssimas! Dá vontade de gravar tudo de tão hipnotizada pela beleza do capitalismo! kkkkk

Aí tentamos voltar ao intento inicial, mas aí pegamos uma rua chamada Diagonal Norte e acabamos pertinho da Casa Rosada... Que eu nem queria ver imagina... rsrsrs Fomos lá e vou te dizer: Linda! Espetacular!!! A Plaza de Mayo é diva! Cheio de lugares para se comprar pequenas lembracinhas da Argentina em si. Algo que tenho batido muito na tecla em todos os diários: a arquitetura de toda a cidade é fantástica!!! Ao contrário do que vejo no centro do Rio que são casarões históricos caindo aos pedaços, sujos e nada preservados, aqui eles são super bem cuidados e dão um charme completamente único a cidade/ província. Não só nessas ruas principais, mas em todas as ruas onde existem prédios mais antigos dá vontade de sair tirando fotos porque são belos demais.

Outras duas atrações perto dessa Plaza de mayo é a Catedral onde estão os restos mortais do General San Martin e o Cabildo. Eu tenho uma queda - abismo, precipício, Himalaia - por igrejas católicas! Amo os vitrais, interiores, exteriores, altares dos mais simples aos mais ostentatórios e, definitivamente, essa Catedral me deixou completamente de queixo caído. Eram várias pequenas capelas para vários santos. Uma mais linda que a outra, várias pinturas sobre a via crucis e o mausoléu de San Martin tem guardas, honras militares, diversos presentes de outras nações como Peru por sua participação na independência de esses países também. O cara é idolatrado aqui e eles têm razão para tanto.

Já o Cabildo é o museu da história colonial e da independência no prédio onde ficava toda a administração política e administrativa da colônia, além da prisão. Além da exposição de pinturas e materiais sobre essa história, há roupas, armas, grilhões, móveis e diversas placas com informações históricas dos episódios ali relatados. Eu como uma boa historiadora AMEI e aprendi várias coisas que na faculdade eles passam por cima!

E depois disso veio a Calle Florida. Uma rua só de pedestre reservada a compras e artistas de rua. Cara, ela é enorme, mas é super diva. Fui a falência kkkkk Nada comprei as lembrancinhas de alguns amigos ali e um casaco lindo super baratinho pra mim!!! Além disso, gravei artistas de rua que dão um show a parte: um tocando harpa, uma banda de rock e um grupo de acrobatas que me fizeram morrer de rir e ainda brincaram comigo e com o Brasil (piada racista com relação ao Pelé mas foi engraçada... nem liguei... ri muito...). Além disso, ali fica a Galeria Pacífico com todas as lojas das grandes marcas do mundo como Dior, Lacoste, e por aí vai... tomei sorvete de dulce de leche com chocolate na Freddo (não existe nada melhor que isso no mundo universo infinito - dica da Fabi no #1) e ainda participei de uma degustação de bebidas numa loja. Menta com maça, Menta com sprite e clássico. Além disso, pude beber copinhos de Red Label de grátis (tira poeira do ombro) e um licor de avelã que é maravilhoso!!!

Voltar pra casa foi sofrido... Os pés latejavam, as pernas desobedeciam e táxi às 18h/19h é impossível achar livre. Aqui, eles são as pedidas de quem quer chegar em casa após o dia de trabalho. Parece que é mais vantajoso que os ônibus. engraçado. Mundo diferente ao Brasil que você vende seus órgãos pra pagar né? Imagina? Sair do centro para algum lugar qualquer no Rio mesmo de táxi? Pfff... uma pequena fortuna. Só eike Batista.

Amanhã tem passeio ao Zoo de manhã, então vu doooooooormiiiiiiiir...

Continuem acompanhando e comentando!!!

Besitos a todos!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário