domingo, 15 de abril de 2012

[FILMES] Thor


Thor (Chris Hemsworth) estava prestes a receber o comando de Asgard das mãos de seu pai Odin (Anthony Hopkins) quando forças inimigas quebraram um acordo de paz. Disposto a se vingar do ocorrido, o jovem guerreiro desobedece as ordens do rei e quase dá início a uma nova guerra entre os reinos. Enfurecido com a atitude do filho e herdeiro, Odin retira seus poderes e o expulsa para a Terra. Lá, Thor acaba conhecendo a cientista Jane Foster (Natalie Portman) e precisa recuperar seu martelo, enquanto seu irmão Loki (Tom Hiddleston) elabora um plano para assumir o poder. Mas os guerreiros do Deus do Trovão fazem a mesma viagem para buscar o amigo e impedir que isso aconteça. Só que eles não vieram sozinhos e o inimigo está presente para uma batalha que está apenas começando.




Para quem é fã de mitologias, nórdicas principalmente, ou é um apreciador de animes como Cavaleiros dos Zodiacos, nomes como Thor, Odin, Asgard, Bifrost, entre outros não são nenhuma novidade. Porém, o filme lançado no ano passado que tem por título o nome do deus do trovão, segue a linha dos quadrinhos de Stan Lee. Aproveito para confessar que sou uma leiga total sobre qualquer dos universos supra citados (tirando mitologia greco-romana), então se o filme tiver algum erro nesse setor eu simplesmente ignorarei em minha resenha por total desconhecimento, ok?!

Dado o aviso, digo que acabei de assistir pelo TC Premium e fiquei presa no sofá pelo bom roteiro, efeitos espetaculares e pelos olhos azuis de Chris Hemsworth, o intérprete do protagonista do filme cujo irmão está no filme Jogos Vorazes sim, o Gale! Mas vamos voltar ao rumo da prosa. Ver o deus truculento tendo que se acostumar com a vida humana e com a falta dos seus poderes foi uma delícia! Eu apenas quis saber mais da mitologia nórdica, além de quase necessitar de uma continuação desse filme e de fanfics (sim, sou uma viciada nelas) com o reencontro de Thor e Jane, personagem mortal interpretada pela eternamente diva, Natalie Portman.

Ótimo filme pipoca, garantia de diversão para quem procura um momento de entretenimento e de esquecer os problemas. Eu só fico imaginando como deve ter sido demais ver esse filme em 3D no cinema... O martelo voando, os efeitos, as lutas, o Chris... *suspira*

Nenhum comentário:

Postar um comentário