quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

[DICA LITERÁRIA] A Irmandade das Adagas Negras - J. R. Ward


A saga da Irmandade das Adagas Negras é simplesmente maravilhosa! Cada livro foca em um guerreiro, porém temos desenvolvimento de todos eles. E a cada livro, a gente se apaixona por eles e pelos relacionamentos amorosos e fraternos que se desenvolvem. Ela trata de um mundo novo, com vocabulários e rituais próprios especificados logo no início de cada livro.

No universo criado por J. R. Ward, uma entidade divina chamada Virgem Escriba teve um poder de criação e criou a raça vampírica. Os vampiros são uma nova espécie paralela a nós, homo sapiens, que detém alguns poderes a mais e necessidades diferentes: 
  • O Sol pode causar queimaduras graves podendo ser fatal, por isso, só saem a noite; 
  • Eles podem se desmaterializar e materializar-se em outros lugares, porém não podem levar nada pesado com eles; 
  • Tem os sentidos do olfato muito mais apurados que os humanos; 
  • Possuem uma estrutura óssea e orgânica muito melhores que nós; 
  • Se alimentam de comida normal, porém precisam beber sangue do sexo oposto para aplacar a sede e garantir força. Não se alimentam de humanos, pois é um sangue muito fraco pra eles. 
  • Em certos momentos, são muito próximos aos animais como por exemplo a questão do cio das fêmeas e a gestação por mais de um ano (eu com nove meses já estava desesperada, imagina 14 meses...), a territorialidade dos machos, certos sons que fazem (como se fossem rosnados, mostrando as presas); 
  • Também não transformam humanos e nem se transmutam em morcegos.


Porém, uma outra entidade maligna chamada Ômega, com inveja da habilidade criadora da Virgem Escriba, resolveu caçar os vampiros e pra isso recruta humanos que ganham um poder de regeneração e longevidade em troca da alma: os redutores. São mortos vivos, literalmente sem coração (que são retirados pela entidade na transformação e ficam numa urna), extremamente cruéis e que cheiram a talco de bebê e conhecidos entre si pelas iniciais do nome. Então temos Sr. O, Sr. X, Sr. E e por aí vai. 

Para combater e proteger sua raça, a Virgem Escriba, através de relações selecionadas a fim de aumentar força, porte físico e poder, criou os guerreiros de seu povo que formaram a Irmandade título da série. Atualmente são 6: Wrath, Rhage, Vishious, Thorment, Phury e Zsadist.

Cada livro foca em um dos guerreiros e outras histórias que acontecem paralelas a esse envolvendo outros vampiros (guerreiros e civis) e humanos desse grupo.

A Sequência da Saga é:
  1. Amante Sombrio  - resenha
  2. Amante Eterno  - resenha
  3. Amante Desperto
  4. Amante Revelado 
  5. Amante Liberto 
  6. Amante Consagrado
  7. Guia da Irmandade das Adagas Negras
  8. Amante Vingado 
  9. Amante Meu 
  10. Amante Libertada 
  11. Amante Renascido 
  12. Amante Finalmente 
  13. O Rei 
  14. Os Sombras 
  15. Beijo de Sangue => Uma Saga spin off chamada Legado da Irmandade 
  16. A Besta 
Eu já li 3 livros da saga, mas tomei um choque ao notar que nunca tinha resenhado aqui. Então, para reparar esse lapso horroroso, nesse Carnaval, me dedicarei a resenhar os 3 primeiros títulos da saga pra vocês! E super recomendo! É simplesmente maravilhoso! Mas, lembro que o foco dos livros é o romance de cada um que sempre é intenso e muito hot...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conte o que você achou da postagem