sexta-feira, 8 de junho de 2012

Garota Replay - Tammy Luciano



Thizi é uma garota do bem, apaixonada pela vida. Mas, após uma madrugada trágica, sente que tudo à sua volta desmorona. Descobre que Tadeu, seu namorado, beijou uma garota em uma noitada e quebrou o nariz de Tito, melhor amigo de Thizi, quando soube que ele fotografou a prova da traição. Na mesma noite, Tadeu dirigiu bêbado e causou grave acidente, que deixou o amigo Gabiru em coma. Em meio a tanta decepção, Thizi encontra uma Replay de si mesma, uma igual. Agora, não mais a única do planeta, ela se sente a pessoa mais solitária do mundo e precisa entender que só o amor tem o poder de provocar as melhores mudanças. Garota Replay trará reflexões para desvendar os segredos da vida de Thizi. E da sua também...


ELA ERA A MINHA CARA! Igual a mim. Uma desconhecida com o corpo muito conhecido. Xerox. Cópia. Não me lembro de ter vivido outro susto tão grande na minha vida. Uma replay de mim com gol aos 47 do segundo tempo.


Quando eu recebi o livro, além da capa super jovial e interessante do selo (meio desenho, meio caricatura. Um charme!) o fato de ser fino se torna um grande atrativo para alguém com filas de livros para ler e com uma tese de mestrado a completar. Todavia, eu ainda tinha a ilusão de que leria na ordem... Nos dias atuais, eu simplesmente desisti e resolvi ir pegando aos poucos e ele saltou a frente de muitos por conta do seu tamanho. Como professora, eu sei que livros finos é o primeiro passo para acertar em cheio a um grupo tão reticente a leitura.

A sinopse parecia boa, porém eu duvidava muito da frase na contracapa de que o final seria "o mais surpreendente possível". Afinal, a história era um tanto quanto batida. Garota está mal no amor e encontra a sua replay. Um artifício muito usado no contexto natalino. Espíritos que te guiam para as decisões. Encontro com o seu eu de diferentes dimensões da sua vida. Porém, acredite: Não é que o desfecho me surpreendeu?! Eu esperava tudo!!! TUDO! Menos a reviravolta que a autora deu a história. E, apesar de ter ficado meio tonta ao passar por ela, isso ganhou milhares de créditos pra mim e ajudou muito a ganhar minhas 4 estrelinhas no SKOOB. rs

Thizi é uma garota um tanto quanto imatura, apesar dos 20 anos. Li algumas críticas a respeito desse aspecto e que suas dúvidas pareciam as dúvidas de uma garota de 15. Todavia eu confesso que aos 20 anos, eu não era tão diferente não... Mas concordo que para alguém tão independente, a Thizi era um pouco turrona demais em cometer burradas. O Tadeu era um grande cafajeste (daqueles que só é possível odiar) e o Tito é o verdadeiro príncipe encantado que todos sabem que gosta de você, menos você mesma! rsrs A trama é muito adolescente, pelo menos até o final, e conta com vários momentos em que você é compelida a pular dentro da história e bater a cabeça da Thizi na parede para ver se ela acorda e perceba algumas coisas (se é que você me entende!).

Porém, nem só de final inesperado, um livro pode ser considerado bom. Já que para ler o final, o meio do caminho tem de ser interessante. Você não deve ser levado simplesmente pela vontade de terminar. Você tem que ser dominado pelo livro. E Tammy Luciano segue a risca o perfil do selo Novo Conceito Jovem! Com uma linguagem bem juvenil, dispondo de gírias que não ferem o ouvido (ou, no caso, os olhos) e de artifícios como aquele diálogo livro/leitor (que eu adoro!) ou a menção de músicas conhecidas ou a descrição visual das cenas sem que essa se torne enfadonha, ganha muitos pontos com a galera a ser incentivada a conhecer bons livros! Porém, assim como aconteceu com "O Preço de uma Lição" do mesmo selo e também resenhado aqui no blog, a história ficou muito feminina e pode não agradar os garotos. Mas já é o começo não?

Super fofo! E pode esperar que haverá sorteio desse livro! Fique de olho!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário