quinta-feira, 24 de maio de 2012

O Melhor de mim - Nicholas Sparks


Na primavera de 1984, os estudantes Amanda Collier e Dawson Cole se apaixonaram perdidamente. Embora vivessem em mundos muito diferentes, o amor que sentiam um pelo outro parecia forte o bastante para desafiar todas as convenções de Oriental, a pequena cidade em que moravam. Nascido em uma família de criminosos, o solitário Dawson acreditava que seu sentimento por Amanda lhe daria a força necessária para fugir do destino sombrio que parecia traçado para ele. Ela, uma garota bonita e de família tradicional, que sonhava entrar para uma universidade de renome, via no namorado um porto seguro para toda a sua paixão e seu espírito livre. Infelizmente, quando o verão do último ano de escola chegou ao fim, a realidade os separou de maneira cruel e implacável. Vinte e cinco anos depois, eles estão de volta a Oriental para o velório de Tuck Hostetler, o homem que um dia abrigou Dawson, acobertou o namoro do casal e acabou se tornando o melhor amigo dos dois. Seguindo as instruções de cartas deixadas por Tuck, o casal redescobrirá sentimentos sufocados há décadas. Após tanto tempo afastados, Amanda e Dawson irão perceber que não tiveram a vida que esperavam e que nunca conseguiram esquecer o primeiro amor. Um único fim de semana juntos e talvez seus destinos mudem para sempre. Num romance envolvente, Nicholas Sparks mostra toda a sua habilidade de contador de histórias e reafirma que o amor é a força mais poderosa do Universo - e que, quando duas pessoas se amam, nem a distância nem o tempo podem separá-las.


"Quero acordar de manhã com você ao meu lado, quero chegar a noite e jantar com você. Quero compartilhar com você cada detalhe bobo do meu dia e ouvir cada detalhe do seu. Quero rir junto com você e dormir com você nos meus braços. Porque você não é só alguém que amei no passado. Você era minha melhor amiga, a melhor parte de quem sou, e não consigo me imaginar desistindo disso outra vez. - Ele hesitou, buscando as palavras certas. - Eu lhe dei o melhor de mim e depois que você foi embora, nada jamais voltou a ser o mesmo."



O primeiro livro do Sparks pela Editora Arqueiro foi bem ao estilo do autor: romance e drama se confundindo e juntos realizando uma bela história. Amanda e Dawson viveram uma grande paixão quando jovens, porém por diferenças sociais bem complicadas (ela, filha de uma família muito tradicional na região de Oriental; ele, filho de uma família típica de bandidos que metia medo na cidade inteira) acabaram tendo que se afastar. Muito tempo depois, 20 anos, por ocasião da morte de uma pessoa querida deles, acabam se reencontrando para um fim de semana que vai reavivar o amor que ficou adormecido durante todo esse tempo. Alguns problemas, porém, se interpõem no caminho deles, problemas que estão acima do maniqueísmo literário. Lógico, que temos a ameaça sempre constante dos parentes de Dawson, porém o principal empecilho é o fato de que Amanda é casada e mãe de 3 filhos.

Quando eu comecei a ler tive uma sensação de déja vu com outro livro do Sparks: Diários de uma Paixão. Isso ocorreu por essa questão de que eles viveram um grande amor antes e depois de um tempo voltam a se reencontrar. Também em Diários, vimos a mesma razão do afastamento: diferenças sociais. Porém, ao contrário desse, que foi o primeiro livro de sucesso do autor, a história compartilhada em O Melhor de mim é muito humana. A gente consegue amar as personagens e entender o conflito que passa por eles. Entendemos o amor que possuem um pelo outro, mas entendemos também o quão é difícil tomar uma decisão em circunstâncias tão problemáticas quanto as que vivenciam. É interessante vê-los retomando a cumplicidade de anos atrás e como a vida de ambos estava interligada.

Vi muitas amigas que leram o livro dizendo: "Nicholas Sparks deve ser um cara amargo!" Eu rio dessas afirmações. O que eu gosto dos livros que ele escreve é como brinca com determinados assuntos como escolhas, morte, vida, preconceito, alcoolismo e como esses temas são abordados tendo por plano de fundo um romance que te encanta. É humano e real demais por vezes. Mas nunca deixam de ser histórias bonitas e intensas de se ler. Nessa nova obra, ele nos proporciona encarar esses assuntos mencionados acima, misturados com uma boa dose de destino e sobrenatural.

Não achei o melhor livro dele, pois sem dúvida não o é. Porém, não achei o mais fraco (Para mim continua sendo 'Um Homem de Sorte' e 'Um amor para recordar'). Ele se encaixaria entre as duas alas. Meio que no purgatório... rsrsrs Mas saiba que essa colocação significa MUITO BOM, pois não consigo resistir a escrita do Sparks. Gosto muito e tudo o que ele escreve fica sempre acima da média. Você nunca espera como ele vai terminar, e isso é maravilhoso.

Ou seja, amei o fato da Arqueiro ter trazido esse livro para nossas estantes. E falando na editora, que trabalho magnífico que fizeram nele. A capa é linda demais, dá vontade de ficar olhando e guardar com ela a mostra de tão divina. Além disso, os marcadores e o carinho na confecção dos kits para os parceiros foi primoroso. Eu tirei uma foto e vou postar aqui assim que puder para vocês verem!!!

Minha dica: Leiam! Sparks é sempre uma grata literatura.

4 comentários:

jhonatan disse...

alguem sabe se ja tem o filme??? to loko para assistir

sajater disse...

Oi jhonatan!
Esse livro não foi transformado em filme ainda e até onde eu sei não há planos pra isso ainda. Mas como é o Sparks... nunca se sabe, né?!

Seria um bom filme com certeza!

Felipe Ferreira disse...

Está em produção

mari disse...

Adquiri recentemente este livro é muito lindo, mas muito triste o final. Mas como todo livro de Nicholas é explendido, magico, maravilhoso. Estou aguardando o filme anciosamente.

Postar um comentário

Conte o que você achou da postagem