segunda-feira, 18 de abril de 2016

[REVIEW] Batman x Superman: A origem da justiça


Fui assistir um dos filmes mais esperados do ano e envolvido em várias polêmicas: a crítica detona, os fãs aplaudem, alguns torcem o nariz. A minha opinião é de alguém que curte o tema, não é muito fã das HQs mas conhece as histórias. Não sou especialista, sou apenas uma pequena nerd que adora super heróis.
Eu não entendi as críticas especializadas do filme. Digo isso porque o filme é bom. O meu maior medo foi deles não construírem a história do ódio entre os heróis de forma plausível. Alguns disseram que não foi bem explicado... Para mim, explicar o problema entre os dois mais do que foi feito é impossível.
Outro medo que eu tive foi do Ben Affleck. Eu gosto dele, sempre gostei! Eu gostei de Demolidor (#mejulguem)! Mas a gente acabou de ter O Batman que foi o do Christian Bale, trazer outro em tão pouco tempo era arriscado demais. Eles acertaram. Aí vem a crítica que eu li: "ele mantém a mesma expressão o filme inteiro!" vc já viu o Batman com outra expressão no desenho? Na HQ? O Batman é sombrio, beirando a crueldade! Esqueçam aqueles Batmans do seriado, do Michael Keaton, do Val Kilmer, ou do Clooney, vamos pro original. O Batman é tudo menos bonzinho. Se olharmos friamente, em alguns momentos, ele é tão vilão quanto os que ele combate. O Morcego de Affleck traz esse antiherói com muitas sombras, inteligente, com recursos e traz uma novidade: ele é um Batman maduro. Não é aquele começando a enfrentar seus vilões, mas é aquele que já perdeu pessoas, passou 20 anos lutando contra coringa, entre outros (referências, meus amigos), e está mais cansado e cruel. Isso foi genial! E o Ben (intimidade! RS) brilhou no que foi proposto.
Algo muito bom que percebi foi o Superman sendo questionado. Nunca vimos isso em outras películas do herói. A sociedade não era unânime, tinha medo de um cara que se 'virasse a chave' um dia, destruiria tudo rapidamente. Outra novidade é esse contexto atual. Somos mais desconfiados, medrosos do que as gerações anteriores. E isso reflete no Homem de Aço que se torna inseguro com tantas perturbações a sua fama. Algo não visto antes, porque nunca foi explorado antes. Ponto pro filme.
Outro acerto gigante foi a Mulher Maravilha! Roubou a cena total! Botou os dois do título de coadjuvante! Gal brilhou demais! #momentofangirl
Problemas:
- o filme é longo demais! Pra mim, esse também foi um problema do Cavaleiro das trevas, segundo de Bale. Muita história pra uma mesma película, tem hora que vc cansa. Podia ter dividido ou feito como a Marvel, histórias individuais antes pra explicar a junção.
- fizeram tanto alarde do Mamoa no filme e ele aparece em 6 segundos? Sério? Até poster teve do Acquaman pra aquilo? Pelamor!
- Se o ódio foi bem explicado até a luta, não se pode dizer que a solução para a amizade surgir foi boa. Foi forçado... Eu tinha brincado antes do filme com marido e quando vimos o filme tcharam! Foi muito tosco.

Como eu disse antes, essa é uma opinião de alguém que curte cinema e assuntos nerds. Eu gostei do filme, das cenas de ação, dos efeitos especiais e da história. Estou louca para ver os filmes solos para entender mais o que houve antes do embate. E mais doida ainda pelo filme da Liga! Vale muito a pena o dinheiro do ingresso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário