segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Almost Human: Pilot (1x01)


Confesso que quando soube de uma série de ficção científica exibida pela FOX e com J.J. Abrams na produção não me animou muito. Cancelamento precoce me parece um risco muito grande baseado em experiências passadas. Contudo, alguns nomes na produção relacionados a Fringe, assim como os protagonistas, decidi dar uma chance. Não me arrependi.

A série conta a história de John Kennex, um policial em um mundo futurista onde policiais recebem androids como parceiros. Depois de uma experiência traumática onde perdeu sua equipe, ele volta para a polícia com um android diferente dos outros, um modelo antigo que deveria ser o meios próximo dia humanos, com sentimentos.
O piloto faz bom trabalho em nota apresentar os protagonistas. Kennex se mostra atormentado por um passado que sente ser sua culpa e acaba colocando o posso sobre os androids para lidar melhor com a situação. E Dorian é o típico pinóquio, robô que é quase humano, rejeitado por seus pares por ser diferente e de um modelo antigo, que quer apenas se provar útil.
A dinâmica dois dois parece interessante, fugindo um pouco do padrão de parceiros de sexo opostos que temos visto com Bones, Castle e Elementary. Sem falar que fica no ar o porquê da chefe de Kennex ter escolhido Dorian para ele.
Já temos aqui também introduzido o arco que deve guiar essa primeira temporada, o porquê do ataque à equipe de Kennex e como sua namorada está envolvida. Espero que invistam nessa forma mais seriada, como Fringe fez tão bem, porque já existe procedurais suficientes para 10 anos de TV nos EUA.
O primeiro episódio me deu esperanças de que pode vir coisa boa. Com uma storyline boa e o público americano ajudando na audiência, Almost Human pode ser um dos (poucos) sucessos da temporada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário